ANIMADOR BRASILEIRO REVELA DETALHES EXCLUSIVOS DE PRODUÇÃO DO VÍDEO DE ‘BANG BANG’

Entrevistamos Ariel Costa, animador brasileiro responsável pela produção do lyric video de 'Band bang'

Era 11 de Agosto de 2016, todos os fãs aguardavam ansiosamente pelo lançamento do novo single do Green Day, ‘Bang Bang‘, que havia sido anunciado algumas semanas antes. Após longos 4 anos de espera, finalmente seria possível ouvir um novo trabalho do trio. Às 11hrs em ponto (horário de Brasília), lá estava a nova música disponível para que todos pudessem ouvir através de diversas mídias como Spotify e Apple Music, com seu anúncio principal feito por meio da página oficial da banda no Facebook. Juntamente com ele, um lyric video (vídeo com a letra da música) foi disponibilizado e amplamente elogiado por todos que assistiam e curtiam o novo som.


Foi aí que descobrimos que o responsável pela produção era um animador brasileiro. Ariel Costa, conhecido artisticamente como BlinkMyBrain. Nascido em São Paulo, ele trabalha com animação/design há 11 anos. Ariel chegou até a abrir um estúdio em São Paulo, mas percebendo que o tipo de indústria era fraca no país, decidiu então mudar-se para Los Angeles na Califórnia. Lá ele conseguiu o que esperava, começou a trabalhar com animações voltadas à publicidade. Marcas como Google, Apple, Facebook, Coca-Cola e Nike estão em seu portfólio, além de canais de TV como MTV, TBS, HBO e etc.

Depois de conhecer sobre seu trabalho, chegou a hora de falar de seu mais recente projeto finalizado. Fizemos algumas perguntas específicas a respeito de ‘Bang Bang’, Green Day e outros assuntos. Leia a nossa entrevista:


Você gosta de Green Day? Se sim, quais são suas músicas favoritas? O que achou de ‘Bang Bang’?


Gosto sim, Green Day fez parte da minha adolescência. Minhas musicas favoritas são ‘When I Come Around’, ‘Basket Case’ e é claro ‘Bang Bang’. Gosto muito de ‘Bang Bang’ pois tem na letra uma mensagem muito forte.


Como foi e quando partiu o convite para você para produzir o novo lyric video da banda?


Um representante da Warner Records acabou assistindo um curta animado que eu tinha acabado de lançar e me convidou pra fazer um projeto com eles para o Red Hot Chili Peppers. Ele pediu se eu poderia desenvolver alguns designs para o lançamento da nova música ‘The Getaway’. Na época o Anthony Kiedis havia ficado doente, o que dificultou no feedback com a banda, ao mesmo tempo os produtores da Warner acharam que a linha que eu estava seguindo era muito mais punk rock e tiveram a ideia de desenvolver uma nova linha para o Green Day, ao invés do RHCP. Fiz um novo design, a Warner mostrou pra banda e o trabalho nasceu.


Como foi o briefing e o que a banda lhe disse que gostaria de transmitir com o clipe?


A Warner me deu a letra e a musica em um link seguro, e como me procuraram por eu ter um estilo de trabalho bastante especifico, eles me deram 100% de liberdade criativa, o que foi ótimo!


Você conhece ou chegou a conversar de fato com algum dos integrantes? Se sim, conte-nos como foi a experiência.


Apenas o Billie Joe muito breve! O Mike e o Tré apenas por e-mail. Todos muito educados e muito receptivos. Sem estrelismos! Em 90% dos casos eu recebia o feedback da banda através da gravadora.


Durante a produção, eles solicitaram algumas mudanças ou o projeto final foi aprovado de primeira pelo staff do trio?


Acho que eles foram os melhores clientes que eu tive na vida! A única alteração que pediram foi, “da pra deixar o nome da banda maior no começo?”.


No vídeo, o que representa cada figura em particular? As figuras usadas foram um pedido deles ou a criação e representação foi totalmente sua?


Foi totalmente minha. A música fala dessa glamourização alienada do armamento americano. Meu objetivo foi criar pequenos conceitos que representavam a realidade desse contexto. Então eu peguei o personagem típico do sonho americano, um cidadão trabalhador de terno e criei um contraposto usando o estereótipo americano junkie food. A fragilidade estava no ponto mais forte que eram os animais, e quis prestar uma homenagem ao gorila Harambe morto pela ignorância humana.


Quanto tempo ele demorou a ser produzido?


O vídeo demorou 3 semanas, da primeira conversa até o final, quando foi ao ar no dia 12 de agosto de 2016.


O que você achou da experiência de trabalhar com um vídeo musical desse tipo? Você já realizou outros trabalhos similares a esse?


Sempre é muito divertido trabalhar com bandas, eu tive uma experiência menor há muito tempo atrás, quando ainda no Brasil eu fiz um videoclipe pro Charlie Brown Jr. E uma experiência um pouco maior quando trabalhei com o Creedance Clearwater Revival. Acho que a maior experiência é o desafio… o fato de ter que criar o visual pra uma representação musical. Isso é muito divertido!


Antes de ‘Bang Bang’, você já possuía algum tipo de ligação com a Warner/Green Day?


Não, foi o meu primeiro trabalho com eles. E eu gostei muito!


Você poderia nos adiantar se irá realizar mais algum trabalho (como outros lyrics videos ou projetos) para a banda no futuro?


Eu adoraria, eles ficaram muito felizes com o resultado e estamos conversando, tudo depende da agenda.



Caso você queira saber mais sobre o animador, basta acessar o site do BlinkMyBrain. Em seu portfólio também é possível ver todos os elementos utilizados para a produção do vídeo do novo single.


Por fim, gostaríamos de agradecer ao Ariel pela entrevista exclusiva concedida a nós, sem dúvidas ficamos muito felizes com a receptividade e atenção que ele teve conosco, e esperamos que ele possa nos brindar com mais belos trabalho feitos para o Green Day, assim como esse:



ACOMPANHE PELO INSTAGRAM

© 2019 por Green Day Brasil. Todos os direitos reservados.

LOGO-BOLINHA-BRANCO.png