OS 10 MELHORES DISCOS DE POP PUNK, SEGUNDO LEITORES DA ROLLING STONE

Listas de melhores de todos os tempos sempre geram controvérsia, no entanto, diariamente algum site ou revista publica algum tipo delas. Desta vez, o ranking partiu da revista Rolling Stone que pediu a seus seguidores que elegessem os 10 melhores álbuns de pop punk de todos os tempos.


Como era de se esperar, Green Day e Blink-182 encabeçaram a lista com três álbuns cada uma. Discussões à parte sobre Green Day ser pop-punk ou não – nós da Green Day Brasil não os classificamos assim – A lista traz entre os 10 álbuns o disco de estreia do Ramones (oi?), além de Smash do Offspring.


Confiram abaixo o que a revista disse sobre cada disco do Green Day:



Mesmo tendo chegado ao mainstream oficialmente na metade dos anos 90, o pop-punk começou a borbulhar de várias formas nos anos 70. Quatro décadas depois, ainda é um dos gêneros do rock mais predominantes e populares, sendo ainda a trilha sonora de adolescentes alimentados pela vida suburbana, corações partidos e pais que não os entendem. Junto com eles, bandas como Green Day e Blink-182 tornaram-se a nova guarda do rock e começaram a escrever clássicos modernos atemporais. Pedimos aos nossos leitores para votarem em seus álbuns de pop punk favoritos. Aqui estão os resultados.



Dookie

Se o Ramones preparou o terreno para o que o pop-punk viria a se tornar, o Green Day o tornou uma realidade no rádio. O terceiro álbum da banda, Dookie, de 1994, serviu como álbum de estreia numa gravadora major e como ponto de lançamento para o mais absurdo e infantil rock naqueles anos pós grunge. A rebelião despretensiosa deles encontrou uma refrescante posição entre a velocidade e sujeira do punk e a acessibilidade pop, criando músicas sobre masturbação e terapia, estranhamente cativantes.



American Idiot

Na época em que American Idiot estreou, o Green Day poderia ser considerado, também, a velha guarda clássica do gênero. A banda influenciou incontáveis jovens bandas, trazendo à tona uma inteira geração de rock alternativo que podia ser ouvida em todos os lugares, da MTV até trilhas sonoras de filmes adolescentes. Com sua incrível ópera rock, o Green Day transformou o drama de ser um adolescente angustiado com seu delineador preto, em uma enorme obra prima que apresentou ao mundo Jesus of Suburbia, Whatsername e St. Jimmy, três personagens e possíveis metáforas para todos os pop-punks que existem lá fora.



Nimrod.

Pop punk é mais do que três acordes, e o Green Day começou a testar os limites do gênero e de sua sonoridade com Nimrod, o quinto álbum do grupo. Nele, o trio norte-californiano, explorou surf music, folk e ska e, ainda, esculpiu uma canção icônica que continuará sendo utilidade em cerimônias de formatura até a eternidade: Good Riddance (Time of Your Life).



A lista completa ainda conta com: Enema of the State, Dude Ranch e Take off Your Pants and Jacket, do Blink-182, Ramones com seu álbum homônimo, Smash, do Offspring, Bleed America, do Jimmy Eat World e Valley of the Dolls, do Generation X.

A matéria completa, em inglês, pode ser lida clicando aqui.

0 visualização

ACOMPANHE PELO INSTAGRAM

© 2019 por Green Day Brasil. Todos os direitos reservados.

LOGO-BOLINHA-BRANCO.png